10/01/2012

Calvinismo por Charles Haddon Spurgeon e Abraham Kuyper


Calvinismo por Charles Haddon Spurgeon

Tenho a opinião pessoal que não existe tal coisa como pregar a Cristo crucificado, se não pregarmos o que hoje é chamado de calvinismo. Chamá-lo por esse nome é dar-lhe um apelido. O Calvinismo é o evangelho, e nada mais. Não creio que podemos pregar o evangelho, se não pregarmos a justificação pela fé, sem obras; se não pregamos a soberania de Deus em conceder graça, se não exaltamos o amor eletivo, imutável, eterno e conquistador de Jeová. Também não pregamos o evangelho se não o fundamentamos na redenção particular e especial de seu povo eleito e escolhido, a redenção que Cristo consumou na cruz. Não posso, igualmente, compreender um evangelho que deixa os santos se desviarem, depois de haverem sido chamados, e admite que os filhos de Deus são afligido na chamas da condenação, depois de haverem crido em Jesus.
Charles H. Spurgeon, A defense of Calvinism. Citado por J. I. Packer no “Ensaio Introdutório” de John Owen,The Death of Death in the Death of Christ (London: Banner of Truth, 1959), 10.





Divulgação:






Nenhum comentário:

Paul Washer - O que é Salvação (Em Dois Minutos)

Association of Biblical Counselors - http://christiancounseling.com

Narth - National Association For Research & Therapy of Homosexuality

The Association of Christian Therapists - www.ACTheals.org

Christian Counseling & Educational Foundation - http://www.ccef.org

Society for Christian Psychology - http://christianpsych.org

Pela Proibição Urgente da Droga Cigarro no Brasil

História da música "Amazing Grace (Maravilhosa Graça)"

ANTES DE QUALQUER COISA, OUÇA ESTE VÍDEO E MEDITE!

OS PURITANOS

IPB

APMT

Plantango Igrejas Presbiterianas pelo Brasil